logo filmes e cenas Filmes e Cenas / Cenas / IndieLisboa - Resumo do Dia 7

IndieLisboa - Resumo do Dia 7

IndieLisboa - Resumo do Dia 7

Reação dos fãs:

0

A segunda semana do IndieLisboa começou ontem e foi um dia em cheio com muitas novidades. Descobre tudo o que aconteceu por lá, aqui.

Criado por: Ricardo Santos Silva em 01 / 09 / 2020

Partilha

Segunda-feira costuma ser aquele dia chato de  início de semana mas o IndieLisboa continua a decorrer para espantar todos os males. Começou a segunda semana de IndieLisboa e trazemos-te aqui o resumo deste sétimo dia de festival.


O dia arrancou com a repetição de "State Funeral", documentário sobre os momentos desde a morte de Estaline até às cerimónias fúnebres do antigo líder da União Soviética, feito a partir de imagens da época, algumas, inéditas. Este filme pertence à secção Silvestre que teve mais um filme neste dia, "Todos os Mortos", outra repetição, este que é um filme feito por dois realizadores brasileiros que contam a história de famílias assombradas pela escravatura. 


Neste dia 31 de Agosto, a secção Novíssimos chegou ao fim, com a mostra do conjunto 3 de filmes desta secção que promove e ajuda os mais jovens cineastas portugueses, alguns deles ainda com trabalhos de escola. A IndieMusic também esteve presente neste dia com "The Heart is a Drum" de Jacob Frössén, sobre o músico alemão Klaus Dinger que foi baterista dos NEU! e dos Kraftwerk e criador de uma batida icónica que inspirou bandas lendárias como Joy Division ou Primal Scream. O cineasta sueco documenta aqui a hipótese de um trauma amoroso ter sido a origem dessa batida.


A secção Retrospectiva teve dois momentos neste dia, com a Cinemateca Portuguesa a passar "Nicht Der Homosexuelle Ist Pervers, Sondern Die Situation, In Der Er Lebt" e a continuar a celebrar a carreira do cineasta senegalês Ousmane Sembène com o filme "Faat Kiné". 


No Capitólio, a secção Boca do Inferno mostrou "Greener Grass" de Dawn Luebbe e Jocelyn DeBoer, uma comédia sobre os subúrbios de cidades grandes norte-americanas e os seus "habituês"... Ainda nesta secção, "Dreamland" de Bruce McDonald repetiu.


Mas engane-se quem ache que a competição terminou, porque ainda está a decorrer e feroz... Na competição internacional tivemos o início da mostra de curtas metragens (reviews aqui) e duas longas "Victoria" sobre uma cidade que foi construída para ser a próxima Los Angeles mas que, por agora, é só um enorme deserto de ruas construídas e problemas de canalização e também, "Babai" filme russo sobre dois rapazes que estão a crescer e têm medo disso.


Na Competição Nacional, a mostra das Curtas terminou com o 4º conjunto mas ainda as podem ver, pois vão ser todas repetidas ao longo desta semana. Estreou neste dia o filme "A Arte de Morrer Longe" de Júlio Alves, adaptação do cineasta ao livro de Mário de Carvalho sobre uma relação meio estranha que é para terminar mas há uma tartaruga dos dois que ainda não tem o futuro definido.




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro