logo filmes e cenas Filmes e Cenas / Cenas / INDIELISBOA: COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - CURTAS 1

INDIELISBOA: COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - CURTAS 1

INDIELISBOA: COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - CURTAS 1

Reação dos fãs:

0

Todas estas curtas têm algo em comum, emoção, relacionamentos fortes carregados de energias e de perda de inocência

Criado por: João Jesus em 01 / 09 / 2020

Partilha

Ontem foi dia de curtas internacionais e devo de dizer que depois de ter visto algumas sessões das curtas Nacionais ainda conseguimos perceber alguma diferença não só na qualidade mas na própria abordagem feita às mesmas.

Enquanto que as curtas Nacionais se focam muito mais no experimentalismo e temos pouca construção narrativa na maior parte dos casos, por outro lado, nestas 4 curtas internacionais tivemos exactamente o contrário.

Todas estas curtas têm algo em comum, emoção, relacionamentos fortes carregados de energias e de perda de inocência e isso transforma a experiência muito mais enriquecedora mesmo com formatos curtos


The Last Image of Father



Uma história onde os poucos diálogos fortalecem ainda mais as emoções vividas por um Pai e um filho num momento para o qual, nenhum de nós pode alguma vez estar preparado.

O filme nunca nos diz de caras o que se passa mas tal como o nosso actor principal diz ao filho, nós não somos burros e conseguimos perceber mesmo sem a última imagem.

Bem estruturado e bem conduzido pelo seu realizador é um filme extremamente poderoso.


City of Children



Este documentário mostra como é possível contar uma história tão complexa e com tantas camadas em apenas 16 minutos.

A maneira como a realizadora balanceia as partes mais pesadas com momentos mais banais e inspiradores é incrível.

Talvez também pelo nome, houve momentos nesta história onde vi quase uma imagem espelho com a “cidade de Deus”, e isso é um grande elogio pois a dinâmica dos 2 trabalhos é captivante e adorei a viagem por este ambiente hostil onde esta realizadora é capaz de navegar quase de forma imperceptível.


Genius Loci


Um filme de animação com muitas leituras onde temos uma jovem que se deixa levar pelo caos e onde se deixa perder pelas emoções, com uma animação bastante única e dinâmica onde nós próprios nos sentimos perdidos dentro desse caos.

Durante 16 minutos somos confrontados por vários momentos que nos vão fazer pensar na nossa própria vida e em como é fácil perder o controlo.


Breakfast in Kisumu



Um documentário incrível e que se tivesse acabado talvez uns 10 minutos mais cedo seria perfeito para mim, incrível como se conta uma história com uma carga emocional tão forte sem nunca mostrar as personagens da história que está a ser contada.

Um trabalho incrível entre a exposição e a emoção que nos consegue captivar pela vida incrível deste homem e que me fez chorar pela relação que mesmo tarde consegue desenvolver com a filha.





Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro