Da 5 Bloods: Irmãos de Armas

Reação dos fãs:

0

Duração: 156 minutos

Data de Estreia: 12 / 06 / 2020

Orçamento: $ 45.000.000

Receita: $ 0

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

40 Acres & A Mule Filmworks Rahway Road Productions

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Décadas após a guerra, quatro veteranos afro-americanos voltam ao Vietname para procurar os restos mortais do seu líder... e um tesouro escondido.

Review

ranting

Reviews: 116
Seguidores: 2


Da 5 Bloods - Irmãos de Armas

Reação dos fãs:

0

15 / 07 / 2020

O novo filme de Spike Lee chegou na altura certa. Não é que seja o primeiro filme do realizador norte-americano sobre as questões racistas que têm estado na origem das últimas manifestações, mas com toda a conjetura atual, faz ainda mais sentido uma “joint by Spike Lee” para educar a população através de bom cinema.


A história de cinco soldados afro-americanos que se tornam irmãos de sangue por pertencerem à mesma companhia durante a Guerra do Vietname é-nos começada a ser relatada uns anos mais tarde, quando quatro deles regressam aquele país asiático. Quando um deles enverga com orgulho um boné com a frase “Make America Great Again”, os outros percebem que nem tudo está como era no tempo da guerra e, nós, espectadores, percebemos que dali vai sair uma sátira aos apoiantes desta administração americana e um ensaio sobre como o racismo está bastante impregnado nos naturais daquele país.


Com um argumento brilhante, acompanhamos a aventura dos quatro amigos que tentam recolher o corpo do quinto elemento do grupo (Chadwick Brosnan) que morreu ali na guerra, isso e um tesouro que os cinco ali enterraram durante a guerra.


Deixem-me dar importância ao monólogo de Paul na selva, aquilo é que é ser ator caramba! É a personagem que mais gosto no filme, embora os seus ideais, mas é uma interpretação de Delroy Lindo dá brilhantismo a um filme brilhantemente realizado e extremamente importante nestes dias, já não o devia ser, mas ainda é, infelizmente.


E temos direito ao famoso plano à la Spike Lee!! TEMOS POIS!!


É um must see… e quem me dera ver todo este filme numa sala de cinema e não no ecrã do meu computador sentado na cadeira do meu quarto (estranho como vos criei uma imagem minha a ver um filme ahahah), mas principalmente gostaria de ter visto a cena de quando eles estão a entrar na selva e cantam uma música que passa em volume baixo por baixos das suas vozes, essa cena deixou-me com um sorriso de parvinho a olhar para o ecrã que só bom cinema é capaz de mo causar.





Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro