Snowpiercer - Expresso do Amanhã

Reação dos fãs:

0

Duração: 126 minutos

Data de Estreia: 01 / 08 / 2013

Orçamento: $ 39.200.000

Receita: $ 86.758.912

Linguagem: Coreano

Status: Lançado

Produtora /s:

CJ Entertainment Opus Pictures Stillking Films SnowPiercer Moho Film Union Investment Partners TMS Comics TMS Entertainment

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Os únicos sobreviventes de uma tentativa falhada de conter o aquecimento global vivem num gigantesco comboio, cujas carruagens, divididas por classes sociais, estratificam e determinam a condição de cada passageiro.

Review

ranting

Reviews: 116
Seguidores: 2


Expresso do Amanhã

Reação dos fãs:

0

07 / 08 / 2020

Cheguei ao filme, através da nova série da Netflix com o mesmo nome. Cheguei ao filme porque me disseram que a série não tem nada a ver com o filme e que muito ali está inventado e diferente do filme original. E é bem verdade… 

Um comboio com os últimos sobreviventes da humanidade anda sem parar porque a atmosfera terrestre entrou numa nova idade do gelo, consequência de um spray lançado para a atmosfera para acabar com o aquecimento global. 

Neste filme de Bong Joon-ho, vemos mais uma obra com acérrimo significado social. Este que é o realizador do melhor filme de 2019, “Parasitas”, põe aqui a nu mais uma vez a luta de classes que parece sempre existir na nossa sociedade, até quando já só restam poucos humanos e a vida se passa num comboio. Com um casting encabeçado por Chris Evans, o filme vê a classe mais pobre do comboio “Cauda”, a tentar chegar à locomotiva através de uma revolução por todas as carruagens do comboio. É um filme forte que devia deixar qualquer um a pensar no papel que temos na estruturação de uma sociedade por camadas onde a igualdade é um mito e que quem acreditar nela está cego ou é privilegiado e então pode acreditar. Mas passando ao filme em si… estava à espera de mais, estava. Estava à espera da ação coreana, de uma filmagem não tão tradicional, de um rasgo que me fizesse amar o filme pela questão cinematográfica e não só pela questão ideológica da coisa. Contudo, não estava à espera de, também aqui, encontrar a dura realidade que dá pelo nome de “nem toda a gente é o que parece” e as pessoas em que mais confias podem ser as que te desiludem mais, algo fortemente representado nesta narrativa. 

No entanto, é um grande filme, e a surpresa de ver Ed Harris como Wilford foi das melhores coisas para mim que o filme tem, pena termos pouco deste grande ator aqui. 




Transmita tua reação:


0
João Jesus

ranting

Reviews: 60
Seguidores: 2

Expresso do Amanhã

07 / 08 / 2020

O filme é fixe, parece fantástico graças à cinematografia de Hong Kyung Pyo, a acção é crua como costumamos ver nos filmes coreanos e tem muito mais a dizer sobre a sociedade do que seria de esperar ou até mesmo de captar a uma primeira vista.


Reação dos fãs:

0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro