Snowpiercer - Expresso do Amanhã

Reação dos fãs:

0

Duração: 126 minutos

Data de Estreia: 01 / 08 / 2013

Orçamento: $ 39.200.000

Receita: $ 86.758.912

Linguagem: Coreano

Status: Lançado

Produtora /s:

CJ Entertainment Opus Pictures Stillking Films SnowPiercer Moho Film Union Investment Partners TMS Comics TMS Entertainment

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Os únicos sobreviventes de uma tentativa falhada de conter o aquecimento global vivem num gigantesco comboio, cujas carruagens, divididas por classes sociais, estratificam e determinam a condição de cada passageiro.

Review

ranting

Reviews: 58
Seguidores: 2


Expresso do Amanhã

Reação dos fãs:

0

07 / 08 / 2020

Começo por falar de Chris Evans. Era um filme que não esperava que ele fizesse, especialmente quando ele já fazia de Capitão América, fiquei contente porque "Snowpiercer" é uma grande marca na sua filmografia e com tudo o que acontece no mundo é muito relevante.

Este é apenas um daqueles filmes que nas mãos de qualquer outro realizador seria provavelmente um grande filme de acção, mas nas mãos de Bong Joon Ho torna-se outra coisa, torna-se um comentário sobre a sociedade como a maioria dos seus outros filmes e ele apenas se esconde à vista de todos, fazendo dele um filme de acção fixe.

O enredo é simples, é uma história simples de passar do ponto A para o ponto B, e as motivações das personagens são ainda mais claras e simples. 
Eles estão cansados de serem abusados, cansados de não serem tratados com o mesmo respeito que a "classe alta" é, mas será que isto lhe faz lembrar alguma coisa?

A forma como algo tão grande e todas as questões relacionadas com o aquecimento global são abordadas através da criação deste microcosmos num comboio é genial e os créditos vão para Jacques Lob e Jean-Marc Rochette que escreveram o romance gráfico francês pós-apocalíptico "Le Transperceneige", mas a visão de Bong Joon Ho e a sua tradução para o cinema é igualmente importante.

Todo o elenco é brilhante, e Evans realmente reinventa-se para este filme, Tilda Swinton é absolutamente fantástica como sempre e Kang-ho Song também arrasa.

O filme é fixe, parece fantástico graças à cinematografia de Hong Kyung Pyo, a acção é crua como costumamos ver nos filmes coreanos e tem muito mais a dizer sobre a sociedade do que seria de esperar ou até mesmo de captar a uma primeira vista.
Isto é tudo o que a série deveria ser, mas nem sequer se aproximou.




Transmita tua reação:


0
Ricardo Santos Silva

ranting

Reviews: 115
Seguidores: 2

Expresso do Amanhã

07 / 08 / 2020

Estava à espera da ação coreana, de uma filmagem não tão tradicional, de um rasgo que me fizesse amar o filme pela questão cinematográfica e não só pela questão ideológica da coisa. Contudo, não estava à espera de, também aqui, encontrar a dura realidade que dá pelo nome de “nem toda a gente é o que parece” e as pessoas em que mais confias podem ser as que te desiludem mais, algo fortemente representado nesta narrativa.


Reação dos fãs:

0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro