Nem Respires

Reação dos fãs:

0

Duração: 88 minutos

Data de Estreia: 08 / 06 / 2016

Orçamento: $ 9.900.000

Receita: $ 159.047.649

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

Ghost House Pictures Screen Gems Stage 6 Films

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Três criminosos de Detroit ganham a vida a assaltar casas cuja segurança é garantida pela empresa do pai de um deles. Um dia, recebem uma dica de que a casa de um velho veterano num bairro pobre da cidade está cheia de dinheiro que ele recebeu quando uma senhora rica matou a sua filha num acidente de viação. Quando vão vigiar a casa para tratar do assalto, descobrem que ele é cego e pensam que, por isso, a tarefa deles está muito facilitada. Nada mais errado: tudo corre muito pior do que aquilo que esperavam.

Review

ranting

Reviews: 88
Seguidores: 2


Nem Respires

Reação dos fãs:

0

31 / 08 / 2020

Finalmente um filme de suspense em que senti verdadeiro suspense. Comecei a ver o filme contrariada, porque considerava que havia um risco muito grande de ficar aquém das minhas expectativas. Era isto que normalmente acontecia com outros filmes do mesmo género. Bonita surpresa, admito!


Quando acabei de ver o filme o meu coração parece que tinha saído de uma montanha russa. O que vai acontecendo no decorrer do filme é isto mesmo, vários sustos de cena em cena. E são sustos de pico, que o coração precisa de uns minutos para se recompor. 


Com um orçamento bastante reduzido, o realizador Fede Alvarez deu uma lição de como criar verdadeiros ambientes de puro medo sem ser preciso recorrer a técnicas de edição de imagem e som para provocar uma reação de susto. Não, não meus amigos.


Nem Respires começa com um completo retrato psicológico de um grupo de assaltantes composto por três amigos, Rocky, Alex e Money. É Money (Daniel Zovatto) que descobre um ex-veterano cego que vive sozinho em casa e tem muito dinheiro escondido. Ao considerar ser um alvo fácil, Money convence Rocky (Jane Levy) e Alex (Dany Minnette) para juntos assaltarem a casa do homem. 


Não dá para revelar muito mais sem correr o risco de estragar a experiência. A verdade é que aqui, menos é melhor. A história é simples, fácil de entender. No entanto, há reviravoltas com potencial para te fazer reagir com espanto e medo. Tem um excelente ritmo que gera tensão contínua. 


Quem interpreta o homem cego é Stephen Lang e que grande ator! A força e talento de Stephen é sentida em todas as cenas. Mesmo parado e em silêncio fez-me tremer os joelhos. Há uma cena em que Stephen está na caça de dois assaltantes, dentro da sua casa, e esta é provavelmente a melhor parte do filme. Uma experiência pavorosa e claustrofóbica. Sim, porque sentimos a angústia dos amigos que estão sem saída e a temer pela vida. Se eu tivesse naquela casa, congelava só de ouvir a voz de Stephen. 


É uma história simples salva para experiência do realizador. Fede Alvarez deu-nos um tenso e escuro filme com um habilidoso trabalho de câmara, com fotografia de Pedro Luque bastante competente em que, numa dada altura do filme, utilizou visão noturna e contribuiu eficazmente para a criação do medo. 


Só lhe vejo um defeito e é já na fase final, quando opta por alguns desvios demasiado absurdos e que já cansam. É que é difícil de respirar durante todo o filme!!
Mas pronto, resumindo é um filme inteligente que não recorre a clichés e é um ótimo entretenimento. 




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro