Unbelievable

Reação dos fãs:

0

Temporadas: 1

Data da Estreia: 13 / 09 / 2019

Última Temporada: 13 / 09 / 2019

Total de Episódios: 8

Duração por Episódios (aprox): 50 minutos

Em Produção: Não

Linguagem: Inglês

Produtora /s:

Netflix

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Duas detetives investigam ataques a mulheres que são idênticos a um caso de violação em que a vítima foi acusada de mentir.

Review

ranting

Reviews: 88
Seguidores: 2


Unbelievable

Reação dos fãs:

0

02 / 09 / 2020

Não é fácil escrever sobre uma série que nos traz um assunto sensível e baseado em fatos reais. Se ainda não viste esta série, sinto que devo alertar-te de que os episódios possuem uma alta carga de emoção. No fim de cada um deles és capaz de sentir cansaço porque a experiência desta história é de pura reflexão sobre um tema perturbador.  

Durante oito episódios, seguimos a história real de uma série de violações que aconteceram nos anos de 2008 e 2011 em Washington. Em causa está a dificuldade que as vítimas têm em provar às autoridades que estão a dizer a verdade. Diante desta falta de credibilidade, Unbelievable chama a nossa atenção para algo que acontece com frequência e que continua a prejudicar as vítimas.
 
Temos duas histórias em momentos diferentes, uma em 2008, sobre Marie Adler (Kaitlyn Dever) uma jovem que é violada e começa a viver um inferno depois dos polícias, família e amigos deixarem de acreditar nela. A outra em 2011, acompanha duas mulheres polícias, Karen (Merritt Wever) e Grace (Toni Collete) que investigam vários casos de violação e tenta descobrir o responsável dos crimes.  São capazes de mover mundos para ajudar as vítimas. 

Ou seja, são dois cenários diferentes que podem acontecer: Um, a vítima é acusada de falsa acusação e tem de cumprir certas obrigações como castigo ou a vitima é acompanhada por uma equipa que acredita nela e ajudará a ter justiça. 

A produção e criação de Susannah Grant, Ayelet Waldman e Michael Chabon é muito boa, sem qualquer exagero ou falta de empatia.
Confesso que, o primeiro episódio de ser tão perturbador quase me impediu de continuar. Mas continuei e o último deixou-me ter um sorriso. Afinal devemos continuar a ter esperança!




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro