Cats

Reação dos fãs:

0

Duração: 110 minutos

Data de Estreia: 19 / 12 / 2019

Orçamento: $ 95.000.000

Receita: $ 73.515.024

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

Working Title Films Amblin Entertainment The Really Useful Group Monumental Pictures Universal Pictures

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Com a realização de Tom Hooper, a icónica música de Andrew Lloyd Webber e um elenco de bailarinos de classe mundial sob a orientação do coreógrafo vencedor de três Tony Awards, Andy Blankenbuehler (“Hamilton”, “In the Heights”), “Cats” reinventa o musical para uma nova geração, com um design de produção espetacular, recurso a tecnologia de ponta e estilos de dança que vão do ballet ao contemporâneo, do hip-hop ao jazz e dastreetdanceao sapateado.

Review

ranting

Reviews: 60
Seguidores: 2


Cats

Reação dos fãs:

0

04 / 09 / 2020

Há filmes que são tão maus que se tornam bons, e esta era a minha esperança para o filme Cats. Bom, às vezes ter esperanças não é suficiente, este filme é mesmo mau.


Até diria que a equipa tinha grandes esperanças. Eles arriscaram tudo o que tinham, mas o maior erro foi ser fiel ao material de origem. Se já viste a peça, sabes que não faz sentido e não há nenhuma história. Mas isso pode funcionar numa peça de teatro musical, onde a música suaviza a atuação e onde uma canção fantástica leva o público ao máximo. Isto, no cinema, não funciona.


Houve tantas suposições do que seria o filme e até havia notícias de que seria lançado uma nova versão com melhores imagens. Mas não te preocupes a aparência não é o problema, na verdade até acho que a maioria delas são boas e interessantes.


A questão é a falta de história, não há tecido para ligações entre as canções e uma após a outra, após a outra. E as músicas nem contam uma história, apenas introduzem um oceano de gatos que a maioria nem é relevante.

Os atores dão o melhor de si e se olharmos bem para o elenco, não conseguimos parar de pensar “como é que eles foram parar a este filme?”.


Não podemos dizer que a atuação é terrível, mas eles estão todos em filmes diferentes. Alguns levam o filme muito a sério e outros consideram-no mais uma piada. E depois temos Jennifer Hudson, que deu tudo o que tinha e não tinha para cantar a única música que é realmente memorável e protagonizou mais um momento digno de Oscar. Mas, infelizmente, está no filme errado.


Com um orçamento de quase 100 milhões, só posso mesmo acreditar que o objetivo era algum tipo de redução de impostos do estúdio. É que, se o filme foi criado para gerar dinheiro, então os criadores vivem num mundo cor de rosa.


Se já viste este filme, por favor explica-nos os ratos e as baratas, que raio aconteceu ali?




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro