Tudo Acaba Agora

Reação dos fãs:

0

Duração: 134 minutos

Data de Estreia: 28 / 08 / 2020

Orçamento: Sem Informação

Receita: Sem Informação

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

Likely Story Projective Testing Service

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Nada é o que parece quando uma mulher vai com o novo namorado, em relação ao qual tem algumas reservas, para a quinta remota dos pais dele.

Review

ranting

Reviews: 88
Seguidores: 2


Tudo Acaba Agora

Reação dos fãs:

0

05 / 09 / 2020

Ui, e agora? Como se começa este texto? É que eu vou ser muito sincera… tive alguma dificuldade para acompanhar as inúmeras mensagens que estão escondidas nos diálogos dos protagonistas… e que mensagens!!


Mal terminou, percebi que não decifrei por completo a mensagem do filme. Tem múltiplas perspetivas e é cheio de significado filosófico. Mas, vale a pena tentar percebê-lo.


Acho que, facilita se conseguirmos ver o filme mais do que uma vez. E ainda bem que é uma história com poder para cativar.


É uma história que segue uma jovem mulher (nunca chegamos a saber o verdadeiro nome dela!!) numa viagem com o seu namorado Jake até à quinta dos pais dele. Namoram há pouco mais de 1 mês e seguem para o próximo passo de um relacionamento: Conhecer os pais. Tudo podia correr bem, não fossem as dúvidas que ela sente relativamente ao futuro da relação deles.  


Pois é, este é o foco principal, uma jovem que quer terminar (e já está decidida), só que ainda não fez e nem sabe como fazê-lo.


Mas, atenção, o que acontece durante a estadia deles na casa dos pais é que te vai deixar com os olhos bem abertos. Isto porque, rapidamente a protagonista percebe que aquela família tem algo de estranho e a realidade à sua volta vai literalmente mudando.


Não vale contar o que se vai passar, mas talvez te possa dar um cheirinho. A partir de um certo ponto, a protagonista começa a ver os pais de Jake no passado e no futuro, em mistura e espalhados pelos cantos da casa. E é assim que ela começa a questionar-se de tudo. Da própria identidade, da sua sanidade mental e da realidade (que já não sabe distinguir da ficção).


Vi neste filme, um toque metafórico que se foca na solidão, nos remorsos e na esperança (ou falta dela!) e que me deixou um final complexo e aberto a várias interpretações.


Achei extraordinário como só durante a viagem de carro deles cresceu uma curiosidade enorme em mim para saber como raio vão acabar estes dois. E só me estava a preparar para o que aí vinha.


A cena do jantar de família, que é o jantar mais estranho que eu já vi em toda a minha vida, é de outro mundo e de uma qualidade irreal. Toni Colette é a mãe e David Thewlis é o pai, e só tenho isto para dizer: Esta dupla de atores tornou o filme numa magnifica obra e se eu tenho vontade de o ver novamente é por causa destes dois talentos!


Toda a minha experiência neste filme foi quase como se estive dentro de um sonho... vá pesadelo. Mas é bonito porque tudo tem um significado filosófico, bem ao estilo de Charlie Kaufman. Continua a surpreender-me, mesmo sendo um dos meus argumentistas favoritos.


Tenho a sensação de que fiquei a meio e por isso a vontade de o ver novamente é cada vez maior. Sinto que, vou descobrir sempre coisas novas, independentemente das vezes que for ver o filme!




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro