2001: Odisseia no Espaço

Reação dos fãs:

0

Duração: 160 minutos

Data de Estreia: 02 / 04 / 1968

Orçamento: $ 12.000.000

Receita: $ 71.923.560

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

Stanley Kubrick Productions Metro-Goldwyn-Mayer

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Uma viagem desde o passado pré-histórico dos nossos antepassados, quando um grupo de macacos encontra um misterioso monólito e dele obtém conhecimentos que resultam na evolução do Homem, até ao espaço colonizado pelos humanos, no ano 2001. A descoberta de um outro monólito na Lua, proveniente de uma região junto a Júpiter, leva ao lançamento de uma expedição liderada pelo astronauta David Bowman para investigar a origem do objecto extra-terrestre. Quando a missão é colocada em risco por HAL 9000, o supercomputador que controla a nave espacial, Bowman terá de vencer a máquina antes de viajar até ao local de origem do admirável objecto.

Review

ranting

Reviews: 60
Seguidores: 2


2001: Odisseia no Espaço

Reação dos fãs:

0

17 / 11 / 2020

Na abertura da 14ª edição do LEFFEST'20 - Lisbon & Sintra Film Festival tivemos oportunidade de ver a versão 4k remasterizada de 2001: Odisseia No Espaço do Stanley Kybrick no grande ecrã. Um filme que tem mais de 50 anos e que já vi dezenas de vezes. Então, o que há de especial?


Bom, se pensarmos nos filmes que conseguem passar no teste do tempo depois de 50 anos, provavelmente lembramo-nos de uma mão cheia deles. Por isso, isto é o que posso dizer sobre este filme que fica cada vez melhor com o tempo:


É uma experiência incrível! Visualmente é de cortar a respiração e agora consigo perceber que era assim que Kubrick intencionava que fosse visto e nenhuma sala de cinema em casa consegue fazer justiça.


O que faz este filme ser incrível é o quão real parece ser. Sim, é ficção científica, mas provavelmente por causa da falta de efeitos especiais digitais e pelo facto de Kubrick ter tornado a história mais sobre a humanidade, nós perguntamo-nos quão real é tudo isto que vemos.


É uma peça teatral clara que é dividida em atos claros e não é destinada a ser vista da mesma forma por pessoas diferentes. Por isso é que ainda hoje discutimos o significado do monólito, da mesma forma que faremos sempre a pergunta “qual é o significado da vida”.


É incrível como há tantos anos tiveram esta visão de criar coisas como HAL 9000 e, honestamente, sempre que vejo este filme, penso na Siri de uma maneira diferente.


Esta é uma verdadeira obra-prima e tecnicamente quase perfeita, e talvez isto explique o porquê de tantas pessoas acreditaram que Kubrick fingiu a chegada à lua. Vamos ser honestos, se ele foi capaz de fazer isto, é capaz de fazer qualquer coisa.




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro