Soul - Uma Aventura com Alma

Reação dos fãs:

0

Duração: 100 minutos

Data de Estreia: 25 / 12 / 2020

Orçamento: $ 150.000.000

Receita: $ 0

Linguagem: Inglês

Status: Lançado

Produtora /s:

Walt Disney Pictures Pixar

Tua reação:
0

Partilha

Sinopse

Joe Gardner, um professor de música do ensino básico que tem a oportunidade da sua vida para tocar no melhor clube de jazz da cidade. Mas um contratempo leva-o das ruas de Nova Iorque à Grande Ante-vida, um sítio fantástico onde as novas almas ganham personalidade, características e interesses, antes de irem para a Terra. Determinado a regressar à sua vida, Joe junta-se a 22, uma alma precoce que nunca entendeu o encanto da experiência humana. Joe pode descobrir as respostas às questões mais importantes da vida, enquanto tenta desesperadamente mostrar a 22 o que há de bom em viver.

Review

ranting

Reviews: 60
Seguidores: 2


A vida é muito mais do que aquilo que vivemos!

Reação dos fãs:

0

26 / 12 / 2020

Por várias razões, esta é uma das críticas mais desafiantes que fiz durante este ano. Comecei por fazer uma pergunta: “Quantas estrelas?”


Como vou avaliar um filme que falha em tudo aquilo que esperava não falhar, mas surpreende-me por ser um dos melhores, mais belos e mais profundos filmes do ano?


Depois de "Monstros e Companhia", "Up - Altamente" e "Divertida-Mente", já não me surpreende que qualquer filme de Pete Docter seja profundo e que mergulhe dentro de temas difíceis e significativos.    Apesar de o filme ser de desenhos animados e parecer ser feito só para crianças, o realizador saí da caixa e acaba por nos dar um filme que vai além dessas expetativas.  


"Soul – Uma Aventura com Alma" vai ser visto como um filme que é cheio de si próprio como se fosse mais do que aquilo que realmente é com poucos momentos divertidos. Bom, consigo perceber porque é que muitas crianças não vão entender este filme e porque é que muitos pais vão ficar frustrados se os filhos não ficarem colados ao ecrã tal como esperavam. Mas este filme está acima de tudo isto. O filme pretende fazer a diferença na vida das poucas crianças que o entendem e na vida de muitos adultos que vão ficar deslumbrados com a mensagem.


Neste ano particularmente difícil para todos, precisamos de saber que há mais nesta vida do que aquilo que vivemos. Recebemos este filme que está a tentar mostrar-nos que talvez, mas só talvez, não estamos a prestar a devida atenção.


Visualmente, este filme é lindo! Tem um grande talento vocal que conta com Jamie Foxx e Tina Fey como protagonistas e tem alguns personagens que são interessantes. Mas, admito que, a principal força é a sua mensagem.


A parte mais triste de tudo é que o filme deveria ter sido lançado nos cinemas. Era a oportunidade da Pixar e dos filmes de animação lutarem pelo Óscar principal, mas como foi lançado na plataforma de streaming, isto nunca vai acontecer. No entanto, quero dizer que estou feliz por o filme estar disponível na Disney+ porque este ano, todos nós precisamos de um pouco de esperança e de alma.


Portanto, é num misto de alegria e tristeza que faço esta crítica, e tal como nos ensinou “Divertida-Mente”, não faz mal ter este misto de sentimentos… está tudo bem!


Este é o filme da Pixar com mais alma de todos os tempos, é um dos melhores do ano e um dos melhores filmes da Pixar de todos os tempos. O facto de o filme estar numa plataforma de streaming, prova-nos o quão séria é a “guerra” de streaming. 


Já esperava ficar emocionado com o último filme da Pixar, só não esperava que me tocasse tão fundo na alma!




Transmita tua reação:


0
Beta 1.0

Por favor faça login primeiro